MANIFESTAÇÃO PROFESSORES DE BARRA MANSA 14/03

GOVERNO MUNICIPAL COLOCA POLÍCIA E GUARDA MUNICIPAL PARA INTIMIDAR OS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO

As escolas da prefeitura de Barra Mansa estão funcionando hoje em meio período. Esta é uma forma de protesto dos trabalhadores da educação, organizados pelo SEPE, contra o CAOS NA EDUCAÇÃO. Ficou marcado uma concentração pela manhã no Pátio da PMBM. O prefeito fugiu negando nos atender e pior, ZÉ RENATO DEIXOU ORDENS PARA NÃO PERMITIR A ENTRADA DOS PROFESSORES E FUNCIONÁRIOS NA PREFEITURA. Colocou a Guarda Municipal para fazer uma barreira na porta e impedir nossa entrada. A polícia militar também estava presente com duas viaturas.
Nosso ato é em defesa da educação e contra o sucateamento das escolas municipais. São 12 anos sem reajuste salarial; não tem eleição para direção de escolas; pela terceira vez, o prefeito, pagou caro para a elaboração de um plano de carreira e quer aprová-lo sem discutir com a categoria; as empreiteiras – que certamente irão colaborar na campanha do prefeito candidato ajudam a piorar esta situação. QUEM PRECISA DE POLÍCIA, O PREFEITO OU OS TRABALHADORES DA EDUCAÇÃO? QUEM É VÂNDALO, NESTE CASO?
Professores e funcionários da rede municipal recebem o pior salário deste setor na região (menor que Quatis e Pinheiral), que sofrem perseguições nas escolas. Exigimos respeito e pedimos o APOIO DE TODA POPULAÇÃO DE BARRA MANSA para a tragédia que está a educação em nossa cidade, que tem dentre os mais prejudicados nossas crianças.

RESPEITO A EDUCAÇÃO!!!
TODO APOIO A LUTA DOS PROFESSORES E  FUNCIONÁRIOS DA PREFEITURA.

REDE MUNICIPAL/ Professores de Barra Mansa fazem meia paralisação




Barra Mansa
Professores da rede municipal de ensino de Barra Mansa estão reunidos desde às 9h de hoje (10), na Praça da Matriz de São Sebastião, no Centro. Eles realizam uma meia paralisação para reivindicar plano de carreira, carga horária de 30 horas para todos os funcionários administrativos, transparência do Fundeb e eleição direta para diretores das escolas.
A maioria das reivindicações está em processo de negociação com a prefeitura municipal de Barra Mansa, que já informou prazos como o plano de carreira para 2012.

De acordo com o diretor do Sepe (Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação), Carlos Roberto de Almeida, a meia paralisação desta quarta-feira é realizada com o objetivo de manter os professores mobilizados para garantir que as reivindicações sejam cumpridas.
A meia paralisação ocorre no horário do intervalo das aulas e também ocorrerá nos períodos da tarde e da noite. Às 17h de hoje (10), os professores se reunirão em assembleia no salão da Matriz de São Sebastião.



Sindicalização

Qualquer profissional de educação pode se filiar ao Sepe - inclusive da rede privada. O Sepe congrega professores e funcionários administrativos e é um dos maiores sindicatos do estado do Rio em número de filiados. O profissional para se filiar tem que fazê-lo pessoalmente na sede do Sepe ou em uma de suas subsedes.